Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Saudades? É eu sinto saudades, mas sinto saudade de não sentir saudade.
Confuso né? Pois é.
Mas antes de você eu estava tranquila, tudo sossegado e sob controle, já tinha superado, e então, você apareceu.
Tá, você chegou e eu gostei, confesso, foi incrível, tão incrível que sim, eu já sabia que tinha me ferrado sem nem ter me dado tempo, já era, tava caidinha.
Aham e tava mesmo, mas não ia rolar, não sei se não era pra ser, mas confesso que queria que tivesse sido.
Nos distanciamos, eu disse que estava com saudades uma vez, mas você não respondeu, eu disse a segunda e você Tbm não respondeu.
Eu deixei pra lá, esperei um tempo, algum mês se passou e eu disse de novo, "sinto saudades", é mais uma vez, você não respondeu.
Hoje ouvi um amigo meu dizer "não tem como não se apaixonar por uma taurina"... E eu fiquei imaginando, realmente, que incrível seria.
E então eu botei em pratica muito mais amor do que antes, vai até parecer loucura, mas, para pra amar suas qualidades, olha que foda você é, olha quanta coisa você já fez de bom nessa vida, olha que maravilha que ela é, olha o bem que ela te faz, olha como você é viva por dentro e por fora! Incrível né? Isso se chama amor próprio.
No início eu confesso que sofri um pouco, afinal a saudade é um sentimento bonito, mas às vezes dói, e dores não são legais, porém ninguém admite. Mas aí eu pensei comigo mesma e cheguei a conclusão de que sinceramente, como não me amar? Eu sou incrível!

 

POR: Janeffer Morais Vargas (facebook)

Autoria e outros dados (tags, etc)



Sobre mim