Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Não sei, às vezes dá-me uma vontade enorme de agarrar em tudo e sair correndo para perto de ti. Mas, para perto de quem?! Gostava de finalmente encontrar(-te). Isto se essa história de encontrarmos a nossa "outra metade" for verdade. Porque às vezes pergunto-me quanto tempo vai isto durar mais...o estar por estar, o andar por andar. Feliz mas sem razões. Nós mulheres não queremos um namorado só porque sim, só para mudar o status de uma rede ou só porque é o "estereótipo" da sociedade. Queremos uma pessoa com quem estar, partilhar tudo e que principalmente queira estar presente também. Do nosso lado. Porque é fácil ser por ser, é fácil despertar sentimentos e não conseguir mantê-los. Meninos. Não. Nós gostamos de algo verdadeiro, intenso e fora do comum da sociedade, homens. Acordem. Mas agora para ti, outra metade de mim, aparece. Porque estou a confiar que és tudo o que eu preciso e sempre quis. Que tens as razões suficientes para ser mais, ter mais, sentir mais. Não te depósito toda a felicidade, pois eu já sou feliz por inteiro. Mas falta qualquer coisa complementar. E acho até que és tu.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Sobre mim