Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mas deixei esta carta guardada neste bolso do casaco favorito dele, o qual ele deve estar a pensar levar para ir ter contigo, se for a tua vez, hoje.

Afinal, se o despes também deves ver os seus bolsos e tudo o que ele possa guardar ou esconder..

Sabes quem te escreve?

A que era mas já não é namorada…sim do rapaz que andas a comer. E podes muito bem dizer-lhe isso. Assim escuso de olhar para a cara dele novamente.

Tu não sabes, mas ele tem a mesma conversa para todas. Eu vi a vossa troca de mensagens e não bastou ler muito, foi o suficiente quando vi um “amo-te” depois de só terem estado juntos 2 vezes. Incrível não é?

Mas ele não te ama. Não é que consiga saber o que ele sente, mas sei exatamente que é assim que ele começa a despertar um sentimento que ele não vai conseguir fazer crescer.

Não vai demorar muito até conseguir entrar no teu coração, tu pensares que foi um “vento bom” que veio para ficar. Aquele que entrou na tua vida como um presente.

Que chegou para te mostrar que existe mais do que simples amor, que consegues sorrir toda a vez que alguém te faz chorar e que afinal ainda existe amor no mundo.

Mas sabes?!

Também não vai tardar muito até te mostrar o contrário, andar ausente e fazer-te perceber que eras só tu que tentavas, que mostravas, que sorrias. Ele é perito em querer hoje e amanhã não.

Em sentir saudades hoje e não fazer nada para as matar. E amanhã? Já há outra, porque vai ser sempre assim, outra, outra, outra. E tu? Vais ser mais uma. Na lista interminável dele.

Só umas curiosidades: Quanto tempo demora para responder-te às mensagens fofinhas que lhe mandas? Quanto tempo demoras a convencê-lo a ir ter contigo porque precisas dele? Pelo simples motivo de estar, abraçar, sentir. E ele vai?!

Eu não sei, mas imagino.

Agora diz-me, Ama-te?!

Não te escrevo para te condenar e acusar-te de me teres "tirado" o rapaz, mas sim para agradecer o bem que me fizeste. Afinal, só te tramaste a ti.

Eu estava para acabar tudo há um bom tempo atrás, até porque eu já tinha estado com outros …mas ele nem merece saber que ele já não me faz sentir mais nada. Nem raiva.

E é tão bom.

Não sei se esta carta vai ajudar-te ou não, se vais ter de aproveitá-la para outra rapariga, mas espero que de algum modo não te apaixones. Ele é perito em despertar algo que nunca vai conseguir manter.

Acredita. Eu sei do que falo.

Um forte abraço, da que já foi burra mas já não é.

Valoriza-te miúda. Há muitos por aí ;)

Autoria e outros dados (tags, etc)



Sobre mim