Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


foto.jpg

 

20h e estou a chegar a casa, como tantas outras vezes.

Tive tanto tempo longe de ti.

Chego, deixo a mala em cima da mesa de entrada e percorro o corredor.

"Amor?" 

"Na cozinha amor meu"

Chego e abraço-te por trás.

E tu viraste e abraças-me ainda mais forte, como se dissesses para nunca mais ir embora.

Como é bom saber que estás sempre em casa quando chego, ouvir-te dizer que estas na cozinha ou na sala, dizeres amor meu, estares só por estares...é tão aconchegante. E é tão bom.

Saber que cheguei ao meu porto de abrigo e esta la o meu lado confortável.

Já te disse que contigo sinto-me em casa? 

És o meu lado mais confortável, mais aconchegante, mais à vontade.

És a minha ansiedade de férias longas, o aconchego do cobertor ao pé da lareira com um chocolate quente, és o meu verão o ano inteiro, a maneira mais livre e boa de viver, és o meu inicio e o meu fim.

Assim é tão fácil explicar o amor..

Sabes aquela ansiedade boa que bate quando a hora de sair está a chegar?! É porque vou ter contigo ...ou pensas que é para ir para casa?

Deixa de ser tonto.

Deixa-me ser maricas por uns momentos.

Amo-te tanto sabias?

Hoje não vamos dormir. Está decidido.

Deixa o jantar amor, vem namorar comigo no sofá.

Deixa o obrigatório, larga as regras, faz tudo errado. 

Hoje é o dia, vamos quebrar tudo. 

Vamos dançar até cairmos e depois vamos ver aquele filme que me tens prometido desde o fim-de-semana passado.

Deixas-me enlouquecer-te?!

Só mais esta noite. Amanhã és tu.

Eu sei, estou sempre a dizer isto.

Mas tu gostas, não gostas?!

Vamos aproveitar para ver o pôr do sol e quem sabe ver também o nascer do sol. Achas que aguentas?!

Sim, porque não deixas de ser o meu fraquinho favorito.

Amo-te tanto, sabias?! 

Espero que saibas e que me ames da mesma forma.

Sou tão tua que se um dia te fores, levas-me contigo.

Inteira.

Deixas só o corpo.

Mas eu não quero pensar nisso, ainda vais ficar aqui muito tempo a chatear-me não vais?! 

E é tão bom. 

Estares, ficares, amares (-me). 

Amo-te tanto, sabias?!

Espero que saibas! 

É que eu amo amar-te tanto assim...

 

Eu, tu e os nossos textos.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Sobre mim